LogoUT

Técnico em Informática: profissional-chave em diversas áreas

Fri May 19 12:09:00 BRT 2017

Informação automática, esse foi um conceito utilizado pela primeira vez em 1956 pelo alemão Karl Steinbuch que deu origem ao termo Informática, disciplina ligada à tecnologia e que permitiu avanços no comércio, no turismo, na saúde, na agricultura, na atividade bancária etc.

Atento à revolução causada pela Informática, o Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) oferta curso técnico na área em seis dos nove campi da Instituição, nos municípios de Belo Horizonte, Contagem, Divinópolis, Leopoldina, Timóteo e Varginha.

E a ampla oferta do curso e de vagas vai ao encontro das demandas do mercado. “O profissional técnico em informática torna-se essencial para praticamente qualquer ramo de atividade, uma vez que a dependência tecnológica das empresas é muito alta. Desta forma, independente de crise ou desaquecimento da maioria das áreas, o mercado de trabalho para o técnico em informática continua aquecido”, comenta o professor Weider Rodrigues, coordenador do curso na Unidade Varginha do CEFET-MG.

Essa perspectiva também é compartilhada pelo professor Gustavo Menezes, que coordena o Técnico em Informática no campus Contagem. Segundo ele, para 2017, “a expectativa de investimento para o setor é de 1,6%, segundo dados da empresa de consultoria Gartner. Além disso, aproximadamente 50 mil postos de trabalho estão em aberto (tanto no nível técnico quanto superior) a procura de profissionais qualificados”, acrescenta.

Quanto à qualificação, os coordenadores do curso apontam os diferenciais dos alunos formados em Informática pelo CEFET-MG: capacidade de resolução de problemas (técnicos ou gerenciais) aplicando TI; formação de profissional crítico, capaz de realizar trabalhos em equipe; aplicação prática dos conhecimentos em competições de programação; e facilidades na busca por oportunidades de estágio, dadas as inúmeras parcerias da Instituição.

Perfil profissional

Se você ainda está na dúvida se o Técnico em Informática pode ser uma alternativa profissional, o professor Weider esclarece qual é o perfil para seguir carreira na área: “É preciso estar conectado e atento às novidades tecnológicas que surgem a todo o momento no mundo moderno, gostar de pesquisa, possuir boa capacidade de concentração e resolução de problemas.”

Para ingressar no CEFET-MG, o candidato precisa participar de processo seletivo, que acontece no segundo semestre de cada ano e pode escolher entre as modalidades de ensino e local de oferta.

Há oportunidade nas Unidades de Timóteo e Varginha para quem já é formado e deseja apenas garantir o nível técnico ou para quem cursa o ensino médio em outra escola. Mas também há oferta de vagas para quem deseja fazer o ensino médio e o técnico ao mesmo tempo no CEFET-MG (Belo Horizonte, Contagem, Divinópolis, Leopoldina, e Varginha). O curso é totalmente gratuito.

 

Secretaria de Comunicação Social/CEFET-MG

  • imprimir
  • e-mail
  • Compartilhe:
  • 1042
  • Visualizações: